Olhe aqui... Preste atenção...

Siga por e-mail

Curta a página "Poesias da Cris" no facebook

Instagram

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Paradoxos poéticos...

Um homem completamente feliz é aquele que sabe que é amado mesmo com seus erros, atropelos e enganos.
Amor não julga, perdoa e segue.
Eterno.
Poética inspira a poética que se concretiza no amor sublimado em versos.
Rimados ou não, mas intensamente amantes, entrelaçados, conectados.
Os versos nascidos do amor ardem, mas não são sentidos.
Parecem água cristalina descendo de cachoeira, paradoxalmente refrescantes.
Ao mesmo tempo brasa e brisa.
O fogo que mata a sede como água bebida pela alma que necessita do calor do mais puro amor.

 Cristiana Passinato